Disciplina – História do ROCK – Silvio Moreira

Disciplina – História do ROCK

Local: Auditório da Faculdade e Conservatório Souza Lima

Carga horária: 4 horas (1 hora por dia)

Faça a inscrição para a Semana SLROCK no link:
https://souzalima.com.br/Eventos/iii-semana-sl-rock/

História do ROCK – três momentos de uma guerra social

 O curso se concentrará em trinta anos de história do ROCK, desde o seu surgimento até a entrada dos anos oitenta. Primeiramente, serão levantadas as condições para o surgimento do ROCK enquanto gênero. Assim como o literário, o conceito de gênero musical consiste de uma síntese de elementos internos e externos ao discurso musical. Ao considerar esta síntese de modo estrutural, a noção de gênero não fica restrita ao seu próprio universo nem necessita ser considerada enquanto uma representação passiva de outras realidades.

O curso procurará explicitar, a partir da força relativa ao próprio gênero, a maneira como auxiliou na construção das realidades históricas e sociais em que surgiu, ao invés de apenas representá-las em sua forma musical. Em razão disso, o contexto histórico e social não representará apenas a matéria prima tomada pelo gênero nos produtos por ele engendrados, como também não se limitará à determinação coercitiva pela qual a forma do gênero se configura. O gênero musical também constrói estes contextos em sentido original. Ele não se limita apenas a expressá-los em sua própria forma, ainda que não deixe de fazê-lo, assim como não pode ser considerado o produto final deles.

Para se compreender a colaboração recíproca entre a música e o seu contexto histórico, é preciso antes de tudo assinalar os elementos consolidados por todo gênero de música popular relativa aos Estados Unidos. Estes elementos serão assinalados nos grupos opositores de gêneros anexos ao surgimento do ROCK, construindo a visão de mundo peculiar do pós-guerra. Em seguida ao período do surgimento do ROCK, a invasão inglesa representa a segunda fase, em que o ROCK integra as forças que sustentam diversos posicionamentos políticos e sociais contra a desigualdade, a violência e preconceitos de todo tipo. Em sua terceira fase, por fim, o ROCK vê seu conteúdo crítico e contestador re-significado pela lógica do mercado ao mesmo tempo em que sua forma se reformula, com o fim de atender prioritariamente ao entretenimento de forma passiva, em detrimento de seu conteúdo produtivo de resistência.       

 

Silvio Moreira

WhatsApp Image 2017-07-06 at 17.33

Doutorando em estética pela FFLCH-USP, graduado em Psicologia e mestre em Filosofia pela PUC-SP. Atualmente é professor visitante da pós-graduação em Música Popular da Faculdade de Música Souza Lima e professor de estética e história da música no conservatório filiado à mesma instituição. Pesquisa atualmente em filosofia da arte, canção popular, estética e linguagem musical e estuda coerção de gênero na música popular como fenômeno linguístico e historiográfico.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google photo

You are commenting using your Google account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s